31 December 3000

SEJAM BEM-VINDOS AO NOSSO BLOG

Aqui você encontrará um pouco sobre a História da Escola, de seu patrono, verá as atividades desenvolvidas, etc. Consta um resumo das normas do estabelecimento, há também um espaço voltado a divulgação da Prestação de Contas, além dos avisos importantes. Enfim, visite cada página, cada postagem e conheça um pouco mais sobre a nossa escola !
Além do mural de recados, disposto no lado esquerdo do blog, você pode:

Ser um seguidor do nosso blog, clicando aqui !
Para ficar informado das atualizações do blog da escola. Basta clicar aqui !
Visualize a localização da escola através do mapa, clicando aqui.

* A data incorreta acima foi utilizada para manter essa postagem no topo da página, já que elas são organizadas por data.

04 July 2017

Resultado da Festa Junina 2017

A direção e a a APMF da Escola Municipal Padre Wenceslau agradecem a todos que colaboraram, das diversas maneiras, com a realização da festa junina.

Tal evento é de fundamental importância no calendário escolar, pois além de proporcionar a integração entre a escola, alunos e a comunidade, contribuiu para que a APMF angarie os recursos necessários para investir na melhoria da qualidade do ensino e na manutenção das atividades escolares de forma supletiva a atuação estatal.

Os documentos fiscais que comprovam os gastos, bem como os extratos bancários que comprovam os depósitos e toda a movimentação financeira estão devidamente arquivados na escola, conforma determina a legislação pertinente; são apresentados aos membros da APMF e ao Conselho Fiscal e estão disponível para a consulta de qualquer interessado.
No mais, resta-nos agradecer a todos pelo apoio, sem o qual não haveríamos alcançado o resultado apresentado. 

Lembrando ainda que o referido evento é realizado dentro das possibilidades da estrutura escolar, cuja finalidade é diversa, e dentro da possibilidade de ajuda dos voluntários. Portanto, o objetivo não é a festividade em si, mas o que ela representa ao reforçar a integração escola-comunidade e a participação voluntária e democrática de todos os envolvidos, tendo como foco de toda ação e de todos os investimentos com os recursos obtidos os nossos alunos.

Para ter acesso à prestação de contas resumida, vide a imagem abaixo. Para ter acesso à prestação detalhada, clique aqui.

12 September 2016

O que é o IDEB e os resultados da Escola

O que é o IDEB ?

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) foi criado pelo Inep em 2007 e representa a iniciativa pioneira de reunir num só indicador dois conceitos igualmente importantes para a qualidade da educação: fluxo escolar e médias de desempenho nas avaliações. Ele agrega ao enfoque pedagógico dos resultados das avaliações em larga escala do Inep a possibilidade de resultados sintéticos, facilmente assimiláveis, e que permitem traçar metas de qualidade educacional para os sistemas. O indicador é calculado a partir dos dados sobre aprovação escolar, obtidos no Censo Escolar, e médias de desempenho nas avaliações do Inep, o Saeb – para as unidades da federação e para o país, e a Prova Brasil – para os municípios.

Para que serve ?

Com o Ideb, ampliam-se as possibilidades de mobilização da sociedade em favor da educação, uma vez que o índice é comparável nacionalmente e expressa em valores os resultados mais importantes da educação: aprendizagem e fluxo. A combinação de ambos tem também o mérito de equilibrar as duas dimensões: se um sistema de ensino retiver seus alunos para obter resultados de melhor qualidade no Saeb ou Prova Brasil, o fator fluxo será alterado, indicando a necessidade de melhoria do sistema. Se, ao contrário, o sistema apressar a aprovação do aluno sem qualidade, o resultado das avaliações indicará igualmente a necessidade de melhoria do sistema. O Ideb vai de zero a dez.

O Ideb também é importante por ser condutor de política pública em prol da qualidade da educação. É a ferramenta para acompanhamento das metas de qualidade do PDE para a educação básica. O Plano de Desenvolvimento da Educação estabelece, como meta, que em 2022 o Ideb do Brasil seja 6,0 – média que corresponde a um sistema educacional de qualidade comparável a dos países desenvolvidos.

Como o IDEB é calculado ?

O Ideb é calculado a partir de dois componentes: taxa de rendimento escolar (aprovação) e médias de desempenho nos exames padronizados aplicados pelo Inep. Os índices de aprovação são obtidos a partir do Censo Escolar, realizado anualmente pelo Inep. As médias de desempenho utilizadas são as da Prova Brasil (para Idebs de escolas e municípios) e do Saeb (no caso dos Idebs dos estados e nacional).

Confira o resultado  IDEB 2015:










É preciso frisar que conforme explica a Secretária Municipal de Educação, é " importante destacar que considerar o IDEB e refletir sobre o mesmo não é incentivar rankings entre as escolas com competições e sim trazê-lo como mais uma estratégia para refletirmos constantemente sobre a educação do município."

Segundo dados do IDEB, a meta projetada para o Município de Irati alcançar em 2013 era de 5,0. Considerando, nesse caso, os resultados para as escolas públicas da rede municipal (4ª série / 5º ano). Entretanto, o município superou esta meta, atingindo 6,1.

Para 2015, a meta a ser alcançada pelo município de Irati era de 5,3. No entanto, o município alcançou a nota de 6,3.

A Escola Municipal Padre Wenceslau, que alcançou um IDEB de 5,7 em 2011, superou a meta projetada para 2011 que era de 4,0.  Em 2013, o IDEB da Escola Municipal Padre Wenceslau foi de 6,3, superando significativamente a meta estabelecida, que era de 4,3. Em 2015, a meta era de 4,6, obtendo um resultado de 6,4.

Destaca-se ainda que a média da escola foi maior que a média do município e maior que a média do estado do Paraná, que foi de 6,1 para a rede pública em geral, além de evidenciar uma constante evolução ao longo das aferições

Parabéns a todos os envolvidos, principalmente aos professores pelos resultados, fruto do empenho e dedicação ao longo do tempo. É preciso destacar, entretanto, que os resultados se dão em consequência de uma série complexa e ampla de fatores, mas entre eles está a participação e o acompanhamento dos pais em relação ao aprendizado dos alunos.

25 April 2016

Dia de incentivo à leitura

A Escola Municipal Padre Wenceslau realizou na segunda e na terça-feira, dia 18 e 19 de abril de 2016 respectivamente, atividades referentes aoDia de Incentivo à leitura” .

A data foi escolhida pelo de que no dia 18 de abril é comemorado o Dia Nacional do Livro Infantil.

Segundo o site Brasil Escola,  a data é uma justa homenagem a Monteiro Lobato, escritor que, como poucos, dedicou-se à literatura infantil no Brasil.
O Dia Nacional do Livro Infantil foi instituído em 2002, ano em que foi criada a Lei 10.402/02, registrando a data de nascimento de Monteiro Lobato.

Os trabalhos realizados pelos alunos ficaram expostos na escola para serem prestigiados pelos pais e por toda a comunidade escolar


 

 


16 March 2016

Normas Internas e da Execução Financeira

Resumo das normas internas e da execução financeira apresentados na reunião geral do dia 17/03/2016.

  

08 March 2016

Atualização Cadastral dos Alunos 2016

Senhores pais ou responsáveis !

A Resolução 01/2016 da Secretaria de Estado da Educação – Superintendência de Desenvolvimento Educacional – orienta sobre os procedimentos para coleta de dados e traz o cronograma de trabalho que deve ser observado pelas escolas que utilizam o Sistema Estadual de Registro Escolar – SERE.

Considerando a importância da atualização destas informações para a manutenção da vida legal do aluno, do estabelecimento de ensino e para o planejamento e acompanhamento das políticas educacionais nas diferentes escalas de ação, é fundamental a colaboração dos pais no atendimento das solicitações administrativas / informacionais da Secretaria Escolar.

Um dos instrumentos necessários a esta finalidade é a FICHA de ATUALIZAÇÃO CADASTRAL.

Para evitar que os responsáveis pelos alunos necessitem deixar seus afazeres ou se ausentar do trabalho, a Ficha de Atualização Cadastral é encaminhada à casa dos alunos.  Entretanto, a ficha precisa ser corretamente preenchida, conforme orientamos através de avisos e nas reuniões e devolvida dentro dos prazos para a professora pelo próprio aluno.

Atenção no caso de ter ocorrido mudança de endereço !

Caso tenha ocorrido mudança de endereço, é importante que seja anexada à referida Ficha uma cópia da Fatura de Energia Elétrica. Caso a fatura da Copel não esteja no nome do responsável pelo aluno, é necessário anexar também uma cópia de um comprovante adicional de endereço, como um fatura de cartão, uma conta telefônica, etc.

A ficha deve ser devolvida à escola no máximo até dia 10 de março de 2016.

Para ilustrar a forma de preenchimento, na figura 1 constam os dados cadastrais de um aluno hipotético, conforme estão registrados no Sistema. (Para ampliar as figuras, basta clicar sobre elas).


Na figura 2, há um campo circulado em vermelho.  Nele consta “caso exista alguma alteração, utilizar os campos abaixo”. Dessa forma, se na parte superior da ficha (figura 1) estiver desatualizado algum dado, os espaços em branco na figura 2 devem ser utilizados para o preenchimento dos dados atuais corrigidos.

É preciso especial atenção com o campo circulado em azul, no qual consta “nº da conta de luz / água”. Embora haja a opção para marcar o número da conta de água no formulário, por enquanto, esta opção não é válida no sistema. Ou seja, apenas o número da fatura da Copel tem validade e deve ser preenchido.

Figura 2 - Espaço para correção / atualização de dados

A figura logo abaixo traz um talão de luz da Copel com o número de identificação circulado. Esse número, obtido de um talão recente (últimos 3 meses), é que deve ser anotado na ficha. É importante que a cópia da fatura enviada à escola esteja no nome do responsável pelo aluno. Caso a fatura (obrigatória) não esteja no nome do responsável,  junta-se a ela, um outro comprovante complementar de endereço.

Figura 03 - Talão de luz com o nº da conta destacado

14 August 2015

Eleição para Diretores

Com a aprovação da Lei 3992/2015, foram definidos os critérios, prazos e procedimentos para o processo de eleição para direção das escolas municipais de Irati- PR. (Clique aqui e leia  a Lei na íntegra).

Tal processo é de grande importância para se aprimorar a Gestão Democrática. Para Medeiros (2003), a gestão democrática na educação realiza-se através de mecanismos formais normativos (leis, regimentos, etc)  e institucionais (tais como as Secretarias de Educação e Conselhos), além das práticas cotidianas que visam à participação dos diferentes atores sociais nos processos de planejamento, tomada de decisão e avaliação inerentes à organização e funcionamento dos diferentes níveis e espaços de ensino, incluindo a escola.

Segundo a Secretária Municipal de Educação, Claudia Maria Petchak Zanlorenzi  “a eleição para diretores é um marco histórico para a educação iratiense, pois tanto a comunidade escolar como os pais poderão escolher o diretor que fará a gestão da escola durante 3 anos, ou seja, as pessoas mais certas e indicadas para opinar e escolher o gestor ideal, uma vez que participam ativamente da vida escolar”.

É importante salientar, que a Lei 3992/2015, estabelece em seu Art. 51 a fórmula para a apuração do resultado, a qual, matematicamente, garante a paridade do peso dos votos de profissionais da educação e da comunidade escolar, em outras palavras, o total de votos da comunidade escolar tem o mesmo peso que o total de votos dos servidores, garantindo a representatividade igualitária de todos os atores envolvidos no processo.

O processo seguirá os prazos estabelecidos na supracitada Lei. O cronograma das atividades pode ser conferido clicando aqui.

Na Escola Municipal Padre Wenceslau foi realizada no dia 05 de agosto uma Assembleia Geral para a formalização da Mesa Eleitoral, com representantes dos pais, alunos, professores e funcionários, a qual será responsável pela condução do processo, tendo como atribuições o que reza o Artigo 10 da referida Lei Municipal, sem prejuízo de outras responsabilidades, a qual será também assistida pela Comissão Organizadora Municipal.

Os membros da mesa eleitoral, já com as funções definidas, são os seguintes:

Presidente: Lislaine Aparecida Krupczak
Secretário: Haroldo José Andrade Mathias
2ª Secretária. Valderes Aparecida de Oliveira
Mesário: Jaqueline Cordeiro
Mesário: Elizabete Martins Zen
Mesário: Juliana Colesel
Suplente: Cassiana Bolek Julkowski

Informamos de antemão que nas datas legalmente estabelecidas, ocorrerão as Assembleias com a comunidade escolar para a apresentação das propostas dos candidatos, também haverá o período para exposição e para a retirada de propagandas, entre outras ações.

Além disso, conforme cronograma, serão colocadas em edital as listagens com o nome dos votantes aptos a votar (pai, mãe ou responsável perante a escola). Ressaltando que cada família terá direito a 1 voto, independente do número de alunos matriculados na escola. Também é importante destacar que é necessário a apresentação de um documento de identificação pessoal com foto para ter o voto liberado pelos mesários.

Destaca-se que este texto é apenas um resumo do importante processo democrático pelo qual passam, pela primeira vez, as escolas municipais. As informações aqui contidas não substituem aquelas dispostas na Lei 3992/2015. Ou seja, esse texto tem caráter meramente informativo e novas informações serão sempre divulgadas por diversos meios conforme determina o cronograma.

05 August 2015

PDDE Interativo: uma ferramenta de gestão

Neste tópico será abordada mais uma atividade administrativa realizada, a qual, no entanto, depende da participação coletiva de diversos atores da comunidade escolar, representados através dos membros que compõe o grupo de trabalho (Direção, docentes, funcionários, pais de alunos, etc.) responsável por refletir sobre tais questões, realizar o diagnóstico, traçar o plano de ação e estratégico e fazer o seu acompanhamento, tendo em vista que a realidade e as questões educacionais, relacionadas com as questões sociais, não são estáticas, fazendo com que o planejamento também dependa de uma contínua avaliação e ajustes para se manter condizente com a dinâmica da realidade.

Trata-se do PDDE Interativo, uma ferramenta de análise e planejamento que abrange diversos aspectos administrativos, pedagógicos, de gestão, entre outros, que influenciam a complexa relação entre a instituição escola, comunidade escolar, sociedade e políticas públicas, sendo, portanto, vitais na busca pela qualidade da educação.

O PDDE Interativo é uma ferramenta de apoio à gestão escolar desenvolvida pelo Ministério da Educação e está disponível para todas as escolas públicas cadastradas no Censo Escolar de 2013. É uma ferramenta DA escola e PARA a escola. Visa ajudar a comunidade escolar a identificar e a enfrentar os seus problemas. Para isso, as respostas do diagnóstico devem corresponder à realidade e devem ser pensadas coletivamente, dando subsídios tanto para os processos internos de gestão quanto para as políticas públicas educacionais.

Em 2013, essa ferramenta era denominada de PDE interativo, passando, em 2014, a se chamar PDDE Interativo. Essa mudança de nome é parte do esforço de convergência de programas que trabalham sob a égide do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) para uma plataforma única: o PDDE Interativo.

O PDDE Interativo vem se configurando como importante interface de comunicação entre MEC, secretarias estaduais/municipais de Educação e escolas. No biênio 2011/2012, cerca de 100 mil escolas acessaram o sistema. Destas, cerca de 50 mil concluíram o seu diagnóstico e planejamento, tendo acesso a dados, questões e proposições que ajudaram a equipe escolar a pensar e a aperfeiçoar diversos aspectos da vida escolar e contribuíram para a melhoria da gestão e do processo de ensino e aprendizagem.

Além disso, as informações geradas pelas próprias escolas (informações sobre o rendimento dos alunos, o perfil dos diretores, a participação da comunidade escolar, a composição do conselho escolar, a infraestrutura, entre outros) proporcionam ao MEC, e às secretarias estaduais e municipais de Educação, dados valiosos que poderão subsidiar a formulação de políticas públicas cada vez mais focalizadas e efetivas.
lustrando as diversas áreas abrangidas, sem mencionar as influências diretas ou indiretas (sociais, econômicas, demográficas, culturais, etc.) que a escola precisa conciliar, a imagem acima representa sinteticamente as grandes áreas da educação escolar analisadas coletivamente, tendo como foco a melhoria da qualidade da educação e sua integração com as metas e objetivos estabelecidos. Além disso, permite a reflexão de todos os atores envolvidos no processo educacional (professores, pais, gestores, etc.) sobre os diversos processos que se relacionam com o dia a dia escolar, favorecendo um planejamento consistente, realista e focado na realidade e especificidade de cada ambiente escolar.


Figura 01 - Leque ilustrativo de áreas analisadas no diagnóstico


Outro aspecto positivo do PDDE Interativo é o fato de estar contribuindo para o processo de articulação interna dos programas do MEC. Em 2012, a política de formação continuada de professores começou o seu fluxo com o levantamento da demanda por capacitação no PDDE Interativo. Em 2012 e 2013, outras áreas do MEC trouxeram diversas contribuições que enriqueceram o diagnóstico e deverão enriquecer os debates das equipes escolares.


Para conhecer mais sobre o programa, acesse o link http://pdeescola.mec.gov.br/index.php/pde-interativo e veja todas as etapas e requisitos, conforme ilustrado na figura abaixo.



03 August 2015

Dica para redirecionar e-mails

Uma dica para aqueles que possuem duas contas de e-mail (Yahoo e Gmail, por exemplo) e que não acham conveniente alternar logins constantemente para  verificar as duas contas.

Para agilizar, é possível utilizar a função de encaminhamento para que todos os e-mails recebidos na conta “G” sejam automaticamente encaminhados para a conta “Y”; dessa forma, acessando apenas uma das contas, você verifica todos os e-mails.

Segue abaixo um breve tutorial, já que o processo é simples:

11 February 2015

Apresentando a Secretaria Escolar

APRESENTANDO A SECRETARIA ESCOLAR

O presente texto tem como objetivo reforçar os conteúdos apresentados na reunião de pais e demonstrar, de modo geral, algumas características do trabalho executado na Secretaria Escolar. Mais especificamente, apresentar e orientar os pais quanto à necessidade de atender dentro dos prazos estabelecidos pelas normas educacionais impostas pelos diferentes níveis da educação, algumas das solicitações básicas para o correto desempenho das atividades da escola e da legalidade da vida escolar dos alunos.

Segundo o Regimento Escolar, os trabalhos realizados na Secretaria Escolar são atribuição dos servidores técnico-administrativos, sendo que aquele que atua como Secretário Escolar deve ser designado por Ato Oficial (Resolução, decreto, etc.) segundo normas da Secretaria Municipal de Educação. Conforme define o Manual do Secretário Escolar da Secretaria de Estado da Educação do Paraná – SEED, a secretaria escolar é um braço executivo da equipe administrativa e da equipe pedagógica e dela depende o bom funcionamento da organização escolar.

A secretaria escolar é o órgão responsável pelos serviços de escrituração, regularização e atualização dos processos legais referentes a toda documentação do estabelecimento, dos professores e dos alunos, trabalhando coletivamente para a gestão administrativa, financeira e pedagógica do estabelecimento de ensino, necessitando, portanto, de uma visão global dos processos educacionais. Juntamente com a direção, responde administrativamente e legalmente pela documentação escolar.

É através do correto lançamento e da efetivação dos diversos registros escolares que são verificados os direitos de um candidato à matrícula; a regularidade da vida escolar dos alunos e a legalidade do estabelecimento e dos cursos oferecidos; o desenvolvimento da aprendizagem de um aluno; o acompanhamento pedagógico; os resultados finais de cada aluno para promoção ou expedição de certificados de conclusão; se geram subsídios para o planejamento das políticas públicas; se gerenciam recursos financeiros enfim, se garante o valor legal das documentações geradas nos diferentes meios.

A secretaria escolar representa perante a comunidade o órgão de maior importância na produção e organização de informações internas e externas à escola. Para subsidiar internamente a escola, são exemplos as informações usadas por alunos, professores, direção e equipe técnico-administrativa. Como informações direcionadas ao público externo, incluem aquelas legalmente documentadas e repassadas às autoridades públicas responsáveis pela administração de redes de ensino e pelas políticas nacionais, através de Programas como o PDDE Interativo (clique aqui e leia uma postagem sobre o assunto), as diferentes fases do Censo Escolar (clique aqui e leia uma explicação sobre o censo escolar), os dados cadastrais constantemente atualizados na Plataforma Sere; registros necessários aos Programas Sociais, como Bolsa-família, informações aos Núcleos de Educação, às Secretarias de Educação, a outras instituições de ensino, aos pais e responsáveis, etc.

POR ISSO, PEDIMOS A ATENÇÃO DOS SENHORES PAIS PARA A IMPORTÂNCIA DAS SOLICITAÇÕES E DOS PRAZOS ESTABELECIDOS PELA SECRETARIA QUANDO SOLICITAM A ENTREGA DE DOCUMENTOS OU O COMPARECIMENTO EM DETERMINADOS PRAZOS.

AS INFORMAÇÕES SOLICITADAS E DOS DOCUMENTOS GERADOS SÃO IMPRESCINDÍVEIS PARA A REGULARIDADE DA VIDA ESCOLAR DE NOSSOS ALUNOS E DA VIDA LEGAL DA INSTITUIÇÃO.

Entre outras, três solicitações são rotineiras e precisam da colaboração dos responsáveis pelos alunos, especialmente quanto aos prazos estabelecidos: 1) a atualização de dados cadastrais, 2) a rematrícula e 3) a Ficha de saúde.
Cada uma delas será tratada de forma pormenorizada a seguir.

06 November 2014

Pesquisa de Avaliação Institucional 2014

Senhores pais e responsáveis por alunos matriculados na Escola Municipal Padre Wenceslau

A SME elaborou um formulário com a finalidade de conhecer a opinião dos senhores pais  e ou responsáveis sobre a escola. Agora, as informações coletadas estão disponíveis e facilitarão a elaboração de planos de aperfeiçoamento, permitindo melhorar a qualidade da educação que a escola oferece. 

Sua colaboração é muito importante. Dessa forma, agradecemos a todos que participaram da pesquisa e deixamos disponível a opção de comentários nesta postagem para maior interação.




Os resultados obtidos podem ser visualizado no vídeo abaixo:

27 August 2014

Coleta de óleo vegetal usado

Desde 2012, a Escola Municipal Padre Wenceslau está disponibilizando aos familiares de seus alunos e à comunidade em geral um um Ecoponto para a coleta de óleo vegetal usado. Os alunos poderão trazer o óleo, acondicionado em garrafas pets de 2 Litros.

Com isso, a escola e a comunidade contribuem com a sustentabilidade, com o cuidado e a preservação das águas,  do solo, além da geração de emprego e renda.

Com isso, a Escola de antemão vem atendendo aos pressupostos do Projeto de Lei Nº 022/2014, o qual estabelece:

Art. 1º - Torna-se obrigatória a coleta seletiva de óleo vegetal usado nos CMEI’s e escolas públicas e particulares de ensino fundamental no município. 
Art. 2º - A Escola deverá separar todo o óleo vegetal usado na sua cozinha, reservando recipientes fechados. 
Art. 3º - A Escola poderá receber o óleo vegetal usado de toda a comunidade escolar.
Art. 4º - Todo o óleo acumulado na escola deverá ser fornecido à empresa ou cooperativa devidamente licenciada para tratar esse tipo de resíduo.




Maiores detalhes em: http://www.grtoleovegetal.com.br/

08 August 2014

Escola alia teoria e prática para motivar a aprendizagem

A equipe da Escola Municipal Padre Wenceslau, no intuito de aliar teoria, prática e experiência concreta, buscou trabalhar com os alunos de maneira a extrapolar os limites da sala de aula, desenvolvendo atividades tanto lúdicas quanto práticas, as quais favorecem a assimilação dos conceitos e a compreensão da realidade pela classe, mantendo uma relação com o cotidiano do aluno e abrangendo os diversos meios e espaços, conforme preconiza a LDB.

Dessa maneira, os alunos do 5º ano trabalharam a questão do clima e do tempo. Para estabelecer de forma clara as diferenças entre um conceito e outro, em paralelo ao estudo conceitual, os alunos acompanharam a construção de uma biruta, instrumento utilizado para indicar a direção do vento. A partir disso, com a ajuda de um termômetro e dos sites de meteorologia, os alunos tabelaram e analisaram em diversos horários do dia, as mudanças ocorridas no tempo meteorológico, registrando variações na temperatura, na direção e velocidade do vento, da umidade do ar, volume e intensidade da chuva e da nebulosidade. 

 Posteriormente, pretende-se ainda

01 August 2014

07 de Agosto - Dia do Funcionário de Escola

FONTE: APP SINDICATO

A lei 16.423 instituiu no calendário oficial do Estado do Paraná o dia 07 de agosto como sendo o "Dia do Funcionário de Escola"

Segundo a APP Sindicato, a mudança - fruto de lutas da categoria - foi consagrada na Lei 12.014/2009, que altera o artigo 61 da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), que caracterizou os profissionais da educação, conforme habilitações próprias ainda restrita aos aspectos pedagógicos.

Considerando a importância de todos os envolvidos na qualidade do processo educacional e na consequente obtenção de resultados satisfatórios, a Escola Municipal Padre Wenceslau aposta no trabalho em equipe, procurando conscientizar a todos da importância do trabalho de cada um no resultado final e do quanto as atividades de cada indivíduo ou setor influencia no desempenho dos demais.

Sendo a Educação um sistema, o ditado que diz que "uma corrente é tão forte quanto o seu elo mais fraco" ilustra a necessidade de todos serem considerados, preparados, motivados e reconhecidos, indo além das definições formais estabelecidas na legislação e considerando a importância de todos os atores que compõe e que colaboram com o processo educacional.

Dessa forma, fica a singela homenagem da Escola a todos os seus funcionários (Agentes de apoio, Merendeira, Pessoal Administrativo, Professores, enfim, a toda a EQUIPE !





06 June 2014

Processos de renovação e de autorização de funcionamento

Da mesma forma que o tópico Censo Escolar demonstrou resumidamente, o que é o Censo Escolar, que dados são informados, qual a importância para as escolas, para o município e para a qualidade da educação, o tópico de hoje tratará de mais uma tarefa administrativa, ilustrando o que são os Processos de autorização ou de renovação de autorização de funcionamento, cujas formalidades as escolas precisam cumprir e demonstrar para se manterem regulares.

A Autorização é um ato legal, portanto, um ato oficial que faz parte da vida legal do estabelecimento e são usados para expedição de toda documentação escolar, inclusive dos alunos, como por exemplo, no Histórico Escolar, devendo ser arquivados no estabelecimento de ensino.

A autorização permite o funcionamento de uma escola, seja de educação infantil, ensino fundamental, médio ou profissionalizante. Esta autorização, no entanto, não é definitiva. Tem prazo de validade de até quatro anos e pode ser suspensa temporariamente ou anulada se for identificada alguma irregularidade.

A renovação da autorização ocorre porque em alguns níveis e modalidades de ensino exigem renovação da autorização para funcionamento em um período regular e cíclico de tempo, como por exemplo: Ensino Fundamental de 1ª ao  5ª ano: é exigida a renovação da autorização de funcionamento de 4 em 4 anos. A Educação Infantil tem exigência da renovação a cada 3 anos. A autorização para a Educação de Jovens e Adultos precisa ser renovada a cada 4 anos.

Já o Processo de Reconhecimento,  é o ato oficial que atesta a legitimidade e as condições plenas para se desenvolver atividades educacionais no estabelecimento de ensino. É concedido pelo Conselho Estadual de Educação – CEE, por um prazo de 5 anos. Deve ser solicitado em processo próprio, obedecendo ao roteiro, para encaminhamento ao Núcleo Regional de Educação, à Secretaria de Estado da Educação e Conselho Estadual de Educação no prazo determinado no ato autorizatório. O reconhecimento do primeiro curso ofertado será sempre o reconhecimento do estabelecimento.

Da mesma forma, qualquer mudança na nomenclatura da Escola, no endereço, nas modalidades de ensino ou de cursos ofertados, requerem processos próprios, obedecendo as formalidades e a estrutura determinada pelos órgãos educacionais (MEC, SEED, NRE) e pela legislação vigente.

O encerramento de um curso, modalidade de ensino também segue ritos específicos. Elabora-se um processo de Cessação  quando  as atividades educacionais são interrompidas, através de um ato oficial que determina medidas para salvaguardar os direitos dos alunos e proceder à guarda e expedição da documentação escolar.

Normalmente, nestes processos, a Escola precisa informar e disponibilizar toda documental referente ao imóvel, como matrículas do terreno, planta baixa do prédio, laudos de vistoria dos bombeiros e da vigilância sanitária, alvarás diversos, previsões de matrículas, índices pedagógicos, toda documentação pessoal e de capacitação de todos os docentes e demais servidores, proposta pedagógica, regimento escolar, descrição de todos os materiais pedagógicos, dos móveis e utensílios, dos recursos e materiais pedagógicos, do acervo bibliográfico, entre diversas outras informações exigidas em roteiro próprio.

Além disso, entre as exigências dos processos, conforme determina a legislação específica, está a Avaliação Institucional.  Ela é um meio para garantir a qualidade do ensino ofertado pelas instituições de educação básica, integradas ao Sistema Estadual de Ensino do Paraná.

Conforme elucida a Deliberação 03/2013-CEE/PR em seu artigo 60: “A avaliação institucional deve constar no Projeto Político Pedagógico da instituição de ensino, com o fim de nortear a relação estabelecida entre a gestão escolar, o professor, o aluno, o conhecimento e a comunidade em que a escola se situa."

Além disso, todas as informações minuciosamente prestadas estão sujeitas a verificação in loco por parte do pessoal designado pelos órgãos educacionais.

Para conhecer o roteiro ilustrativo, já que mudanças ocorrem rotineiramente nas formalidades, utilizado na elaboração de um processo de renovação de autorização, clique aqui.

Para conhecer os itens geralmente analisados na Avaliação Institucional e que compõem um processo de Renovação ou de Autorização, clique aqui e visualize o exemplo utilizado pelo NRE de Guarapuava.

Com a obrigatoriedade do acesso à educação infantil para crianças com 4 anos de idade a partir de 2016, a Escola Municipal Padre Wenceslau necessita elaborar um processo de Renovação da Autorização de Funcionamento e de Ampliação da Oferta da Educação Infantil. Os anexos, disponibilizados pela Secretaria Municipal de Educação, conforme modelos exigidos pelo NRE,  podem ser visualizados clicando aqui.


29 May 2014

Entendendo o Censo Escolar

O QUE É O CENSO
ESCOLAR DA EDUCAÇÃO BÁSICA?

Objetivando esclarecer e informar a comunidade escolar a respeito das diversas rotinas administrativas executadas pela escola, tanto no intuito de manter a regularidade legal quanto para ampliar a qualidade da educação, eventualmente será postado no blog algumas considerações a respeito dessas atividades meio. Em outras palavras, atividades que visam garantir a regular continuidade e a qualidade do foco da escola: a educação.

Destaca-se com isso que a busca pela qualidade da educação não está restrita aos momentos em que o aluno permanece em sala de aula, mas se relaciona com as políticas públicas, com as ações dos diversos órgão educacionais nas mais diversas escalas (Federal, Estadual, Municipal) e com as práticas que se materializam em todos os setores dentro dos muros escolares, envolvendo tanto os aspectos pedagógicos, administrativos e operacionais, evidenciando a necessidade de planejar, organizar, dar suporte e avaliar de forma sistêmica todos esses setores, além da participação atividade da sociedade.

Se uma das partes do sistema apresentar disfunções, os resultados terão esse reflexo. E para a melhoria contínua de todo o sistema educacional, a informação é um dos elementos indispensáveis. Dessa forma, evidencia-se a importância do

24 May 2014

A observação como forma de entender o clima e o tempo


O QUE É TEMPO E O QUE É CLIMA ?

Muitas vezes há uma confusão entre os significados dos termos TEMPO e CLIMA, sendo tratados como sinônimos, no que se refere às condições meteorológicas. Embora relacionados, tem significados distintos.


Conforme disponível no blog Vozes do Verbo (clique aqui para acessar o texto completo), o tempo refere-se ao estado momentâneo das condições atmosféricas que ocorre em um determinado local, podendo variar de maneira mais ou menos rápida. Basta observarmos que, pela manhã, o tempo pode estar ensolarado, a tarde nublado e a noite pode chover.

Para o CEMBA (Centro Estadual de Meteorologia da Bahia), o tempo é o

23 May 2014

Bacias hidrográficas

O QUE É UMA BACIA HIDROGRÁFICA???

     Estudar didaticamente as bacias Hidrográficas Brasileiras é o que os alunos do quinto ano têm como desafio. Mas um conceito registrado em cadernos para decoreba, de nada acrescenta ao conhecimento da criança. É claro, que a teoria deve ser aprendida, mas aliada à uma prática, fica mais fácil.

Ao conceituar BACIA HIDROGRÁFICA como um conjunto de terras banhadas por um rio principal e seus afluentes, trabalhamos um conceito pronto, acabado. Mas será que ao olhar o mapa do Brasil e suas bacias hidrográficas, a criança compreende do que se está tratando? 
Uma bacia hidrográfica ou bacia de drenagem de um curso de água é o conjunto de terras que fazem a drenagem da água das precipitações para esse curso de água e rios menores que desaguam em rios maiores (afluentes).
A formação da bacia é feita através dos

22 May 2014

Jogos em sala de aula

Alunos do 3ºB prof. Cleiser estão reforçando o ensino da aprendizagem da matemática: desenvolvendo o raciocínio e o cálculo mental a partir de jogos em sala de aula.

A atividade de jogar, tem  um papel importante no desenvolvimento de habilidades de raciocínio como organização,atenção,concentração, necessária para o aprendizado da matemática. (BORIN ,1995, p.8)

Segundo Piaget (1967) o jogo favorece o desenvolvimento: físico, cognitivo, afetivo e moral. É essencial para que a criança manifeste sua criatividade, utilizando suas potencialidades.

A utilização de atividades lúdicas envolvendo jogos no ensino da  Matemática é uma das tendências propostas pelos PCN’S no ensino fundamental e médio.


31 March 2014

Professor Orreda - Só podemos dizer: Muito obrigado! Muito obrigado!

Foto: Amcespar
Professor José Maria Orreda

Algumas pessoas fazem história, ficam na memória e se tornam imortais nos corações daqueles que tiveram o privilégio de conhecê-las...

E, de repente, a manhã de domingo perdeu o encanto... O sentimento de que ficamos órfãos se fez evidente. A triste notícia de que nos deixara nos surpreendeu, e, de súbito, mil imagens e palavras confundiram -se em nossas mentes. 

Existimos enquanto Escola Padre Wenceslau, porque um dia pensastes generosamente no poder mudar a história, do município e de cada pessoa que por aqui passou. E, pela bondade de sua alma, homenageou nosso patrono, Pe. Wenceslau, por serem almas gêmeas na bondade e cuidado com o povo.Por isso, sempre nos sentimos seus pupilos. É sabido sua grande paixão e dedicação para com nossa escola. Que se anuncie que é recíproca de nossa parte. 

Não era raro, as visitinhas inesperadas com presentes de sabedoria, doçura e simplicidade. Qual aluno nosso não sabe quem é o Professor Orreda? Impossível não sabê-lo. Sua obra literária  e suas palestras foram uma constante aqui... Quantas vezes fosse chamado, tantas vezes estava aqui, o Professor Orreda, alegremente, a espalhar todo conhecimento que seus anos de dedicação e estudo da História de nosso munícipio acumulou. Homem sábio, amoroso, cuidadoso, e, com toda licença poética, nosso "paizão"!

Fonte: redesuldenoticias.com.br
E, quando se fecham as cortinas de sua bela e marcante existência, sentimos ecoar suas palavras  em nossos corações, nos corredores da escola. Ecos, que serão eternizados na história... a história que com tanto esmero registrou e que agora se une com a sua, e será contada de geração a geração, sem possibilidades de ser esquecida.

Sentiremos sua ausência e quando a saudade apertar, nosso acalento estará logo ali, na biblioteca ao lado, nas fotos, jornais, livros... Cada verso, cada linha será para nós, o seu incentivo a acreditar no poder da educação.

A Escola Padre Wenceslau, através de sua direção, coordenação, corpo docente e discente, funcionários e APMF, vem aplaudir em pé e aclamar sua vida, seu exemplo. Agradecemos todo o carinho dedicado a nós, à educação, a Irati. Faltam palavras pra dizer tudo o que nossos corações sentem no momento. 

Sua missão foi cumprida espetacularmente e seu legado jamais será esquecido. Vá em paz e até um dia!! 

E, usando suas palavras, saudosamente, dizemos: "Muito obrigado! Muito obrigado! Muito obrigado!!" - querido Professor Orreda.

Um pouco sobre a vida desse ilustre cidadão:
BLOG DESENVOLVIDO EM NOVEMBRO DE 2009
por HAROLDO J. ANDRADE MATHIAS
Atenção: A cópia e divulgação não autorizada ou sem menção da fonte do conteúdo está sujeita às sanções cabíveis, conforme dispõe a Lei Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998.